Home > sobre-a-ford > Historia > Anos 1990 Globalização

Anos 1990 Globalização

Anos 1990 Globalização

Clique nos anos abaixo e conheça toda a história da Ford.

Anos 1990 Globalização

Clique nos anos abaixo e conheça toda a história da Ford.

1991

O sedã Versailles e a perua Royale chegaram como modelos topo de linha da Ford. Com amplo espaço e conforto, eram oferecidos nas versões GL e Ghia, com motores AP 1800 e AP 2000 a álcool e a gasolina e AP 2.0i a gasolina, compartilhando a plataforma com o Santana/Quantum.

 

1991

O sedã Versailles e a perua Royale chegaram como modelos topo de linha da Ford. Com amplo espaço e conforto, eram oferecidos nas versões GL e Ghia, com motores AP 1800 e AP 2000 a álcool e a gasolina e AP 2.0i a gasolina, compartilhando a plataforma com o Santana/Quantum.

 

1992

1992

1992

O Escort ganhou a segunda geração no Brasil, com carroceria maior e mais espaçosa. Entre outras novidades, foi o primeiro no Brasil a oferecer direção com ajuste de distância. No mesmo ano, foram lançados a picape F-1000 com design similar à F-150 americana e os novos caminhões da Série F.

1992

O Escort ganhou a segunda geração no Brasil, com carroceria maior e mais espaçosa. Entre outras novidades, foi o primeiro no Brasil a oferecer direção com ajuste de distância. No mesmo ano, foram lançados a picape F-1000 com design similar à F-150 americana e os novos caminhões da Série F.

1993

1993

1993

Com a abertura do mercado, a Ford lançou o Explorer, SUV importado dos EUA. A versão Hobby do Escort, produzida com a carroceria antiga para o segmento de carros populares com motor 1.6, passou a ser equipada com motor 1.0. A picape F-1000 SuperCab foi outro lançamento.

 

1993

Com a abertura do mercado, a Ford lançou o Explorer, SUV importado dos EUA. A versão Hobby do Escort, produzida com a carroceria antiga para o segmento de carros populares com motor 1.6, passou a ser equipada com motor 1.0. A picape F-1000 SuperCab foi outro lançamento.

 

1994

1994

1994

A Ford ampliou a oferta de modelos importados no Brasil, com o lançamento do sedã Taurus e da picape Ranger, produzidos nos EUA, e do sedã Mondeo, trazido da Bélgica.

1994

A Ford ampliou a oferta de modelos importados no Brasil, com o lançamento do sedã Taurus e da picape Ranger, produzidos nos EUA, e do sedã Mondeo, trazido da Bélgica.

1995

1995

1995

Com o fim da Autolatina, a Ford anunciou um um dos maiores programas de investimento da sua história no Brasil, de US$2,6 bilhões. O Fiesta hatch, compacto importado da Espanha, foi lançado com motor 1.3 L. Chegaram também os caminhões Cargo 4030 e Cargo 2425.

 

1995

Com o fim da Autolatina, a Ford anunciou um um dos maiores programas de investimento da sua história no Brasil, de US$2,6 bilhões. O Fiesta hatch, compacto importado da Espanha, foi lançado com motor 1.3 L. Chegaram também os caminhões Cargo 4030 e Cargo 2425.

1996

1996

1996

Com o início da produção do Fiesta na fábrica de São Bernardo do Campo, a Ford voltou a ter um produto de volume no principal segmento do mercado brasileiro. Lançou também os novos Escort e Mondeo, o caminhão leve Cargo 814 e inaugurou a nova Fábrica de Transmissões em Taubaté.

1996

Com o início da produção do Fiesta na fábrica de São Bernardo do Campo, a Ford voltou a ter um produto de volume no principal segmento do mercado brasileiro. Lançou também os novos Escort e Mondeo, o caminhão leve Cargo 814 e inaugurou a nova Fábrica de Transmissões em Taubaté.

1997

1997

1997

Com a produção da primeira geração do Ka, a Ford inaugurou o segmento dos subcompactos no Brasil e criou um conceito inovador. Lançou também a Courier, picape compacta derivada do Fiesta, com a maior caçamba da categoria, e a perua Escort.

 

1997

Com a produção da primeira geração do Ka, a Ford inaugurou o segmento dos subcompactos no Brasil e criou um conceito inovador. Lançou também a Courier, picape compacta derivada do Fiesta, com a maior caçamba da categoria, e a perua Escort.

1998

1998

Historia

Ford Ranger produzida na Argentina

1998

A nova Ranger, produzida na Argentina, ganhou maior capacidade de carga, motor turbodiesel, tração 4x4 e cabine dupla, redefinindo o perfil da picape no mercado.

1998

A nova Ranger, produzida na Argentina, ganhou maior capacidade de carga, motor turbodiesel, tração 4x4 e cabine dupla, redefinindo o perfil da picape no mercado.

1999

1999

1999

Com linhas arredondadas e duas opções de motores, a F-250 substituiu a F-1000 e assumiu a liderança do segmento de picapes grandes. A Ford lançou também a Ranger SuperCab, com cabine estendida, e inaugurou a Fábrica de Motores Zetec RoCam em Taubaté, primeira do mundo a produzir a nova família de motores.

 

1999

Com linhas arredondadas e duas opções de motores, a F-250 substituiu a F-1000 e assumiu a liderança do segmento de picapes grandes. A Ford lançou também a Ranger SuperCab, com cabine estendida, e inaugurou a Fábrica de Motores Zetec RoCam em Taubaté, primeira do mundo a produzir a nova família de motores.

Historia

Ford F-250

Top